29 janeiro, 2011

Já não sei de ti à algum tempo, não sei o que é feito de ti, não sei se estás bem e feliz, não sei se aprendeste algo, mas sei uma coisa... Que continuas sem saber o que queres. Hoje queres sair, amanhã já não queres. Hoje precisas de alguém, amanhã descartas toda a gente. É curioso ver que tanto sorris e mantens-te no mesmo sitio, como não desvias o olhar e pareces ter bicho carpinteiro dentro de ti sempre que chego, não percebes ou não queres perceber? « cada um segue o seu caminho como eventualmente já o fizemos », lembraste? Sei que eu fiz a escolha de te tirar da minha vida e já não penso em ti, em nós tanto como antes, mas minto se dizer que não me lembro várias vezes. Diz-me... O que é feito de ti? Quais são os teus objectivos ou continuas sem os ter? Mudaste ou continuas igual? Dá-me pena ver como eras lindo tanto por dentro como por fora e agora estás a perder toda a piada. Não culpes ninguém, aprende.

8 comentários:

  1. Ele é muito instavel '-'
    e lembra-te que nunca seras tu que deveras mudar mas ele. força*

    ResponderEliminar
  2. mereces melhor. nao tens de que

    ResponderEliminar
  3. Tenho um desafio para ti no meu blog, minha querida :)

    ResponderEliminar
  4. Adorei o post :)
    Há gente tão confusa que nem sabe quem é ou o que quer :s

    ResponderEliminar

Verdades .