12 fevereiro, 2011

16 # Carta para alguém que não está na tua cidade ou país / 17 # Carta para alguém da tua infância

Como não tenho ninguém com quem tenha alguma ligação forte que esteja muito longe de mim passo para a carta 17#


Não há ninguém de quem quem eu queira falar em especial, todos os que me acompanham desde a minha infância e que ainda hoje têm ligação comigo foram e são importantes, cada um à sua maneira. Ajudaram-me a crescer, aprendi convosco a lidar com feitios diferentes do meu, partilharam momentos bons e maus comigo, rimos juntos, chorámos juntos, fizemos asneiras como qualquer criança, demos as nossas quedas sem nunca esquecer a primeira regra das nossas amizades: "nunca abandonar um amigo". Os verdadeiros cumpriram até hoje essa regra à risca e poucos foram os que ficaram. Não há nada melhor que ter a perfeita noção de sermos amados mesmo tendo os piores defeitos, aqueles que ficam sabem o pior de nós e ainda assim ficam do nosso lado para o que der e vier. Se palavras chegassem para contar toda a nossa história, para agradecer cada abraço, cada mão que nos levantou uns aos outros... Como não chegam, fico-me pela certeza que vos AMO e que farei o que sempre fizemos, levarei para a frente sempre a nossa primeira regra e guardarei o sentimento mais verdadeiro que temos. 

4 comentários:

  1. GOSTEI MUITO *.*
    vou seguir, se puderes seguir tambem $$: beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Está mesmo bonita a carta querida :)
    Adorei *.*

    ResponderEliminar

Verdades .