01 janeiro, 2011

2 # Carta para a tua paixão


Deixei de ter coisas para te dizer, já esgotei todas as palavras e mais algumas, apesar de seres como és, eu gosto de ti. Tu és muito mais do que tu pensas ser, és muito mais do que te fazem ver, tu és quem me faz falta. Mas isto é o que tu és para mim, isto é o que eu sinto e penso, desprezo-te por seres quem és para mim, guardo o que passamos mas tento apagar ao mesmo tempo todas as palavras, gestos, momentos em que tu estavas na minha vida, naqueles em que contribuías para a minha felicidade. Tu és tu, aquele em que penso mas que não quero pensar, aquele que me abraça sem eu pedir, aquele com o qual guardo bons momentos mas que não quero mais ouvir, aquele que deixei em 2010 e não vou trazer para 2011, aquele que eu digo ainda que me custe "o miúdo mais bonito que já vi". Ainda que este possa ser o resultado para o resto dos nossos dias, nunca te esqueças de mim...

11 comentários:

  1. Para escrever o que sentimos ou até dizer é uma tarefa complicada. Às vezes basta uma palavra ou duas para mostrar um esboço do que sentimos e a mensagem é transmitida de acordo com a forma que a dizemos ou a interpretamos.

    ResponderEliminar
  2. Às vezes o silêncio fala por nós

    ResponderEliminar
  3. Está lindaaa a carta !
    muito obrigada <3

    ResponderEliminar
  4. adoro o blog, os post's e a tua criatividade (:
    segues? $:

    ResponderEliminar
  5. gostei muito :)
    obrigada Joana*

    ResponderEliminar

Verdades .