26 dezembro, 2010


Por mais dolorosos que os meus dias possam ser graças à atitude que tomei, sei que esta decisão foi a mais acertada nos últimos meses em relação a ti. Sei que tenho de terminar ou evitar as conversas em que o teu nome é metido ao barulho, sei que não posso fugir de ti nem do que vivemos, sei que não posso nem vou baixar ou virar a cara sempre que me cruzar contigo, sei que não posso evitar os nossos amigos nem quero! Vou aceitar o rumo que as nossas vidas levaram, vou tentar compreender o porquê de tudo o que fizeste, das coisas que encobriste, vou até tentar perceber como é que conseguiste ser tão fraco, tão fútil, tão quase convincente, sim porque não conseguiste convencer ninguém totalmente. Vou conseguir um dia olhar para trás e pensar que tudo isto não passou de um "abre olhos", que afinal eu não tinha aprendido tanto como dizia, não era tão segura dos meus passos enquanto adolescente apaixonada como dizia, sim também falho, sim tenho os meus dias, as minhas fases, sim mudo sempre que não me sinto bem. E «quando eu estiver contigo no fim do dia, poderás ver as minhas cicatrizes, e então saberás que eu me feri e também me curei». Espero um dia que dês valor e que percebas, e aí vou dizer-te com todo o orgulho que ali onde eu chorei, qualquer um chorava, dar a volta como eu dei, queria ver quem dava!

74 comentários:

  1. o que escreveste podia ter sido escrito por mim há uns meses atrás, porque dar a volta quase ninguém é capaz. gostei muito e tambem vou seguir :)

    ResponderEliminar
  2. de nada, ora essa. tens bastante jeito :]

    ResponderEliminar
  3. Adorei por completo mesmo +.+
    Força *
    estou a seguir $:

    ResponderEliminar
  4. gostei do blog . vou seguir (:

    ResponderEliminar
  5. Lindo texto, muito sentido :)

    ResponderEliminar
  6. De nada querida, e obrigada! *-*

    ResponderEliminar
  7. por vezes vamos buscar forças onde não imaginamos, só para ultrapassarmos algo mau :)
    é mesmo isso, se ele veio parar as nossas mãos e até lutou por nós então é porque realmente temos de ficar juntos, porque o que tiver de acontecer acontece, e já fui testada nesta frase, e felizmente tudo correu bem, quando eu menos esperava , ele voltou. nao tens de agradecer :)

    ResponderEliminar
  8. Sabes, foram muitas ilusões e poucas sensaçôes :x

    ResponderEliminar
  9. o que eu mais amo é ter paz , porque é um sentimento muito bom, aliás nem gosto de confusões , pois fazem-me muita confusão nem gosto que se metam comigo ;)

    ResponderEliminar
  10. obrigada, mesmo :$
    também sigo *

    ResponderEliminar
  11. as vezes sou invadida pelo passado e sou insegura e faz-me ser bastante tonta x)

    ResponderEliminar
  12. Obrigada ;)
    Miss C's não consigo comentar o teu blog :c

    ResponderEliminar
  13. é mesmo isso. temos de enfrentar esses medos e viver apenas :)

    ResponderEliminar
  14. claro está :) as vezes são esses medos que nos fazem não ser completamente felizes.

    ResponderEliminar
  15. sabes, não gosto de sonhar muito, porque por vezes quando se sonha mais alto é o tombo, e já aprendi com isso (:

    ResponderEliminar
  16. as vezes essas ilusões só nos fazem mal, mas sonhar com pés e cabeça é o melhor. mas melhor mesmo é viver um dia de cada vez :)

    ResponderEliminar
  17. sabes a chave para combater as inseguranças ou deixar de ser insegura? x)

    ResponderEliminar
  18. já me disseram que parte da confiança que temos em nós próprios, caso não a tenhamos tambem temos medo de perder o que mais amamos.

    ResponderEliminar
  19. suavizar como? sabes, as vezes preferia nao ser tao racional x)

    ResponderEliminar
  20. é mesmo isso :) eu tento fazer as coisas da forma que acho mais correcta , apesar de que há decisões que me fazem assim ficar com o pé atrás muito depois de as ter tomado.

    ResponderEliminar
  21. como eu gostava de nao ser tao insegura xD

    ResponderEliminar
  22. acho que é isso que me falta, falta de confiança em mim.

    ResponderEliminar
  23. Tens razão, por completo !
    Uma das coisas de que Nunca vou disistir, é mesmo da vida $:

    ResponderEliminar
  24. percebo muito bem. gostei imenso do texto, principalmente da última parte. :)

    ResponderEliminar
  25. Esta mesmo bonito o texto e o blog tambem claro :)
    Estou a seguir, beijinhos.

    ResponderEliminar
  26. ás vezes penso que nao sou capaz, de acreditar em mim própria, nesses momentos é horrível $:

    ResponderEliminar
  27. gostava muito de encontrar isso dentro de mim :$

    ResponderEliminar
  28. muito obrigada pelas palavras :)

    ResponderEliminar
  29. Eu sei . Eu modifiquei-o e não tinha reparado que um código estava mal. Agora já tá tudo bem com os códigos no sitio. :b

    ResponderEliminar
  30. e vais continuar a ler :)
    eu cheguei a pensar em apagar o blog há um mes ou nem isso xD

    ResponderEliminar
  31. também gostei muito do teu blog :')

    ResponderEliminar
  32. ahah Obrigada.
    como foi a primeira vez que fiz isto ainda tava um bocado as voltas com isto. quando percebemos é facil

    ResponderEliminar
  33. com a faculdade o tempo não é muito daí o ter pensado em desistir do blog ;)

    ResponderEliminar
  34. Tambem te vou seguir querida (;

    ResponderEliminar
  35. Obrigada novamente e igualmente :3

    ResponderEliminar
  36. óh não está nada de especial. *.*

    ResponderEliminar
  37. claro que sim :) e de certa forma já estou um tanto ligada a isto :$

    ResponderEliminar
  38. :D
    oh :s espera um bocado, talvez apareça, não sei :s

    ResponderEliminar
  39. eu já tive dois blogs antes deste . um primeiro em que era dedicado inteiramente ao meu namorado, mesmo lamechas xD depois apaguei-o por circunstancias da vida. fiz um novo, como uma espécie de mudança, durou pouco tempo, e apaguei-o julgando eu que me ia libertar de vez da blogosfera, até que mal apago aquele crio este, em estilo de anónimo, sem referir nomes :)
    a paz espero que perdure sabes :)

    ResponderEliminar
  40. Mas é nestas alturas, que nos precisamos mais, é que nao acreditamos em nos proprias :s

    ResponderEliminar
  41. :s
    humm .. já tentei outra vez, já apareceu querida ?

    ResponderEliminar
  42. eu nunca estou bem com o que tenho, ou seja gosto de mudanças. mas sabes, sinto-me bem com este blog, apesar de apenas ter tres meses de vida. já escrevi bastante nele. eu no meu primeiro tambem tive um tempo sem escrever até o apagar de vez. x)

    ResponderEliminar
  43. oh :$ nao esta assim anda demais x)

    ResponderEliminar
  44. Adorei rapariga! E não é só para ser simpática, gostei mesmo...
    O teu blog está brutal, e tens razão no que me disseste "tudo vale a pena quando a alma não é pequena", ei... Parece que também vale para ti, não?
    Fica bem... Um dia ele vai olhar para ti e ver o que perdeu=P
    *Acho que estou assim, +/- na mesma situação que tu...
    Beijinhos j

    ResponderEliminar
  45. Acho isso muito bem, ahh e sigo=P

    ResponderEliminar
  46. Queria supreender, ao ponto de mostrar que "tudo é possível, independentemente dos quilometros que suparam" $: Mas pelo mesnos desta vez, nao o consegui :x

    ResponderEliminar
  47. Obrigada por todas as tuas palavras *-*

    ResponderEliminar
  48. Podes-me dizer o nome desta musica ?*-*
    É linda mesmo !

    ResponderEliminar
  49. muito obrigada, o texto está lindo :)
    vou seguir, beijinho *

    ResponderEliminar
  50. Também gosto muito do teu blog :)
    sigo*

    ResponderEliminar
  51. Só a primeira frase do texto já faz com que o AME *.* Identifico-me tanto contigo, nem imaginas :$

    - Também já te sigo (:

    ResponderEliminar
  52. Também gostei imenso do teu *.*
    também estou a seguir (:

    ResponderEliminar
  53. aww, muito obrigada querida (:

    ResponderEliminar
  54. Não tens que agradecer querida (: ♥

    ResponderEliminar
  55. podia tão bem ter sido escrito por mim.
    adorei

    ResponderEliminar
  56. Obrigada'
    Adorei o teu blog e adorei também este teu texto! Está lindo *-*
    Vou seguir!

    ResponderEliminar

Verdades .