15 março, 2012

21

Começa a tornar-se dificil de explicar a maneira estranhamente boa que me fazes sentir, se eu te conseguisse dizer tudo o que mereces ouvir, se te pudesse dar tudo o que precisas...
Não sinto que isso me pudesse tornar numa pessoa melhor, mas ia ser tão mais fácil.
Sei que vais ansiosamente esperar por mim, como se esta fosse a nossa única oportunidade de sermos felizes, sei que me vais tentar dar o mundo, o teu!
Eu sei que estou aqui para ti, desde sempre, a maneira de estar foi-se alterando bem como os sentimentos. Não arredo pé, não abdico.
Preciso de ti e da tua presença habitual, preciso que me dês calma nos momentos menos bons e que sorrias comigo quando rejubilar de alegria.
São momentos de pura euforia, aqueles em que de tanta felicidade que temos dentro de nós, somos capazes de pronunciar coisas com tanto sentido e no fim não aguentamos de tanto rir.
Se me fazes feliz? Tenho a certeza que o sentes.
Se fico contigo? Sei que tu notas.
Hoje tenho a certeza de que não precisavamos de mais nada, este é o nosso caminho e de ti não espero mais do que o melhor, ainda e sempre!
Este é o tempo de sermos felizes, JUNTOS.
Sem desistir de ti, de nós.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Verdades .